A AMC declarou diversas vezes que pretende expandir ao máximo o chamado “Universo The Walking Dead”, mesmo com o fim das HQs em que a série principal se baseia.

Ed Carroll, Executivo Chefe de Operações da emissora, revelou em uma conferência de imprensa que a AMC planeja 42 semanas de programação da franquia para 2020, ou seja, teremos somente 10 semanas sem alguma obra relacionada à The Walking Dead no ano que vem.

Além da segunda parte da 10ª temporada e a primeira parte da já anunciada 11ª temporada da série principal, teremos a 6ª temporada de Fear The Walking Dead e a estreia da terceira série derivada, cujo título provisório é “Monument”, a qual terá 10 episódios.

Segundo Scott Gimple, Executivo Chefe de Conteúdo, haverá também lançamentos em formatos variados, tais como minisséries e especiais. É possível que muitas dessas obras estreiem nos serviços de streaming da AMC ou em outras plataformas a serem definidas.

Durante a conferência, o CEO Josh Sapan afirmou que o novo foco da emissora é o aumento de assinantes de seus serviços de streaming.

A AMC estaria repensando seu abordagem de vendas de reprises. Atualmente nos Estados Unidos as temporadas anteriores de The Walking Dead estão disponíveis na Netflix, enquanto as primeiras quatro temporadas de Fear The Walking Dead estão no Hulu. Porém a partir de agora, a disponibilização das obras da franquia serão analisadas caso a caso.

A terceira série, por exemplo, já foi vendida para a Amazon Prime, exceto nos países onde a AMC Internacional atua, como o Brasil.

Há também a trilogia de filmes estrelada por Rick Grimes (Andrew Lincoln) em parceria com o Universal Studios, que segue sem previsão de estreia.

Gimple prometeu durante a WonderCon deste ano que 2020 será um “grande ano para o universo e para as séries”.

Acho que começaremos nossa próxima década em grande estilo. Mas parece que 2020 será um ano excitante.

Leia também:

Você está animado com a quantidade de obras do Universo The Walking Dead ou acredita que a grade quantidade de lançamentos pode desgastar a franquia?

Deixe sua opinião nos comentários!

Fonte CB

Siga The Walking Dead BRASIL nas redes sociais!