Um dos destaques de A Certain Doom, o episódio final da 10ª temporada de The Walking Dead, foi o retorno de Maggie (Lauren Cohan).

A personagem havia aparecido pela última vez no 5º episódio da 9ª temporada, em consequência de um impasse contratual de Cohan com a AMC, e ressurgiu acompanhada por uma misteriosa pessoa mascarada bem a tempo de salvar Gabriel (Seth Gilliam) de um ataque de Sussurradores.

A ausência de Cohan foi sentida não apenas pelos fãs, mas também pelo elenco e equipe de The Walking Dead. O produtor executivo Greg Nicotero, que também dirigiu o episódio, admitiu que estava um pouco ansioso com a reinserção de Maggie na trama.

Em primeiro lugar, eu não queria que as pessoas sentissem que ela havia ido embora. Quando ela voltasse, eu queria a sensação de que o tempo não tivesse passado.

Nicotero falou também sobre o primeiro dia de Cohan de volta às filmagens.

Vou ser sincero, no primeiro dia em que ela filmou, fui trabalhar mais cedo, bati na porta do trailer dela e me sentei com ela por cerca de 20 minutos. Nós dois meio que tínhamos borboletas no estômago, um tipo estranho de animação inexplicável em poder trabalhar juntos novamente.

O figurino dela estava lá e ela olhou para mim e disse ‘Eu acho que estou um pouco nervosa.’ E eu achei isso tão incrível e tão adorável quando ela disse, ‘Eu estive longe de Maggie por tanto tempo.’

Acho que percebi isso porque Lauren e eu somos muito próximos, mas foi por isso que eu quis ir ao trailer dela naquela manhã, porque eu estava meio ansioso pelo retorno da Maggie.

Sentimos a mesma emoção naquela manhã e foi realmente emocionante e quando começamos a filmar, foi como se ela nunca tivesse ido embora.


Quais são as suas expectativas para Maggie na próxima temporada de The Walking Dead?

Deixe seus palpites nos comentários!

Fonte CB

Siga The Walking Dead BRASIL nas redes sociais!