O apocalipse zumbi em The Walking Dead é a nível global. Ou seja, o mundo inteiro sucumbiu aos mortos-vivos. Mas isso não significa que todos os seres humanos morreram.

Assim como as comunidades de Alexandria, Hilltop, Reino e Salvadores, há diversos outros sobreviventes espalhados pelo planeta, tentando sobreviver ao apocalipse zumbi, com suas próprias particularidades.

E isso se tornou muito claro com a recente comunidade imensa de quase 50 mil habitantes que The Walking Dead apresentou recentemente nos quadrinhos. E na sessão de cartas dos fãs da edição 177, lançada no começo de março, Robert Kirkman aproveitou para revelar uma estimativa de quantos humanos ainda restam em toda a Terra, após os vários anos que já se passaram do apocalipse.

São cerca de 1,6 milhão de humanos no total, no mundo inteiro. Há VASTAS zonas de mortos por aí.

Tem apenas umas DEZ pessoas vivas no estado de Montana. Isso é cânone [canon, ou seja, informação oficial na história].

Tempos atrás Kirkman havia dito que a proporção global era da ordem de cinco mil zumbis para uma pessoa viva, o que não é muito distante destes números recém-divulgados.

Outro ponto importante a ser lembrado é que Kirkman está se referindo ao universo dos quadrinhos. A adaptação da AMC na TV tem a liberdade de seguir por outros caminhos e esta proporção pode não ser verdadeira.

Você acha que algum dia veremos tramas a nível internacional em The Walking Dead?

Fonte CB

Siga Geekdama nas redes sociais!