No final da Guerra Total contra os Salvadores, Rick Grimes (Andrew Lincoln) decidiu seguir a vontade de seu falecido filho e poupou a vida de Negan (Jeffrey Dean Morgan).

A decisão de Rick foi questionada duramente principalmente por Maggie (Lauren Cohan). No fim, Negan acabou ficando preso por vários anos até ser solto por Carol (Melissa McBride) e mostrar seu valor no confronto contra os Sussurradores.

Ou seja, mesmo com Rick ausente há mais de seis anos, suas ações repercutem até hoje. Mas como seria se ele tivesse seguido com o planejamento inicial e Negan de fato fosse morto em combate?

Rick decide poupar a vida de Negan. Cena do 16º episódio da 8ª temporada de The Walking Dead.
Rick decide poupar a vida de Negan. Cena do 16º episódio da 8ª temporada de The Walking Dead.

Scott Gimple, o então showrunner da série e atual diretor de conteúdo do Universo The Walking Dead, deixou suas impressões do que teria acontecido se Negan morresse, durante o painel virtual da [email protected].

Nós conversamos muito sobre o efeito borboleta [quando pequenas ações escalam em grandes acontecimentos futuros]. Sobre um personagem estar ali ou um personagem não estar ali. Nós mostramos isso com o último episódio da Michonne.

Acho que se eles tivessem matado Negan, os conflitos com as comunidades teriam se desenvolvido de forma diferente, provavelmente seriam mais intensos.

Talvez Rick estivesse morto. Talvez aquela horda [que Rick impediu ao explodir a ponte] tivesse acabado com uma das comunidades. Talvez isso acabaria criando mais conflito. E talvez os Sussurradores dizimariam todos eles, pois não conseguiriam permanecer unidos.


O que você acha da previsão de Gimple? A morte de Negan durante a guerra traria mais divisão entre as comunidades?

Siga The Walking Dead BRASIL nas redes sociais!