A 10ª temporada de The Walking Dead teve a menor audiência da série desde sua estreia em 2010.

Em seu auge de audiência durante a 5ª temporada, a série mantinha uma média de 14,38 milhões de espectadores por episódio, enquanto na temporada atual a média tem sido de 3,38 milhões.

PUBLICIDADE

A midseason finale, por exemplo, atraiu 3,21 milhões de espectadores, quebrando o recorde negativo da temporada anterior, que obteve 5,10 milhões de espectadores.

No entanto, o declínio nos números parece não preocupar a AMC, que continua com o projeto Universo The Walking Dead. Sarah Barnett, presidente da emissora, afirmou em entrevista ao The Los Angeles Times que os planos de expansão da franquia permanecem.

Estamos tramando com muito mais ambição. Acho que há histórias infinitas a serem contadas neste universo.

A AMC sempre foi uma emissora muito focada em audiência – e com grande sucesso. Apesar de toda essa conversa de declínio, The Walking Dead permanece sendo o maior programa financiado por anúncios da TV a cabo.

Acredito que nossos pesquisadores não têm um dia bom ou ruim, e sim uma semana boa ou ruim emocionalmente dependendo das informações sobre audiência que eles têm que apresentar. Mas é claro que temos alguns outros dados que também afetam isto.

Acho que há um limite abaixo do qual é difícil manter um programa no ar. Mas há uma espécie de meio termo também.

De fato, mesmo com a queda contínua no número de espectadores, The Walking Dead manteve o posto de programa de TV a cabo mais visto aos domingos entre a faixa etária de 18 a 49 anos, a mais valorizada pela publicidade.

Segundo Barnett, a audiência menor é uma questão que afeta a televisão como um todo, e não somente a série.

Obviamente, a narrativa que continua a se propagar é que os números de The Walking Dead estão decaindo, e isto é inevitável. Isto se tornou um caso de estudo sobre fragmentação. Tudo decaiu.

Volto a salientar o fato de que jamais tornaremos a ver audiências como a que temos atualmente com The Walking Dead na televisão.

Os novos episódios da série são disponibilizados nos Estados Unidos com 48 horas de antecedência para os assinantes do AMC Premiere, serviço de streaming da emissora, o que gerou inevitáveis vazamentos antecipados, gerando especulações de isso teria influenciado na queda de audiência.

Leia também: Novos Episódios de The Walking Dead Estarão Disponíveis 48 Horas Antes da Estreia no Streaming da AMC

Pirataria também em queda

No entanto, dados do TorrentFreak indicam que os episódios também têm sido menos pirateados.

The Walking Dead havia permanecido como segunda série mais baixada desde 2014, sempre atrás de Game of Thrones, da HBO. Em 2018, ano que Game of Thrones não foi exibida, The Walking Dead chegou a ficar em primeiro lugar. Porém em 2019 The Walking Dead caiu para 6º lugar no raking de séries mais pirateadas.

***

Você concorda que a queda da audiência de The Walking Dead é somente um reflexo da queda de espectadores de TV de modo geral, ou acredita que o interesse pela série de fato decaiu?

Deixe sua opinião nos comentários!

PUBLICIDADE
For what do we live, but to make sport for our neighbors, and laugh at them in our turn?
Prezamos por comentários relevantes e respeitosos. Confira nossa Política de Comentários e para mais discussões sobre The Walking Dead e outras séries, curta nossa página no Facebook! Gostaria de escrever para o The Walking Dead Brasil? Clique aqui e faça parte do site.