A atriz Danai Gurira, que interpreta Michonne em The Walking Dead, publicou em seu Instagram uma mensagem de despedida a Chadwick Boseman, o ator que interpretava o Pantera Negra, que faleceu na última sexta, vítima de um câncer no cólon.

Gurira também é conhecida por sua participação no filme do Pantera Negra, onde interpretou Okoye, a líder da Dora Milaje, as forças especiais de Wakanda.

View this post on Instagram

How do you honor a king? Reeling from the loss of my colleague, my friend, my brother. Struggling for words. Nothing feels adequate. I always marveled at how special Chadwick was. Such a pure hearted, profoundly generous, regal, fun guy. My entire job as Okoye was to respect and protect a king. Honor his leadership. Chadwick made that job profoundly easy. He was the epitome of kindness, elegance, diligence and grace. On many an occasion I would think how thankful I was that he was the leading man I was working closely with. A true class act. And so perfectly equipped to take on the responsibility of leading the franchise that changed everything for Black representation. He made everyone feel loved, heard and seen. He played great, iconic roles because he possessed inside of himself that connection to greatness to be able to so richly bring them to life. He had a heroic spirit, and marched to the beat of his own drum; hence his excellence as an artist and the incredible courage and determination as he faced life’s challenges; while still guiding us all. He was zen and sweet and funny (with the very best laugh), attentive, and truly, truly, good. I can’t even wrap my mind around this loss. A loss resonating in my own heart as well as around the globe. The children he inspired, my heart aches for them, to lose their hero just as they finally found him. I am so thankful to have taken the Black Panther journey with him. To have known him, spent time in his light and leadership and to call him forever a friend. Lala Ngoxolo Kumkani.

A post shared by Danai Gurira (@danaigurira) on

Como se faz para honrar um rei? Ainda estou abalada com a perda de meu colega, meu amigo, meu irmão. Estou buscando por palavras. Nada parece adequado.

Sempre ficava admirada como o Chadwick era especial. Um cara com um coração tão puro, profundamente generoso, real e divertido. Todo o meu trabalho como Okoye era respeitar e proteger um rei. Honrar sua liderança. Chadwick tornou esse trabalho profundamente fácil.

Ele era o epítome de bondade, elegância, diligência e graça. Em muitas ocasiões, eu pensava em como era grata por ele ser o protagonista com quem eu estava trabalhando. Uma verdadeira demonstração de classe. E ele estava tão perfeitamente preparado para assumir a responsabilidade de liderar a franquia, que mudou tudo para a representação negra.

Ele fez com que todos se sentissem amados, ouvidos e vistos. Ele desempenhou papéis grandes e icônicos porque possuía dentro de si aquela conexão com a grandeza para poder trazê-los tão ricamente à vida.

Ele tinha um espírito heróico e marchava ao som de seu próprio tambor; daí sua excelência como artista e a incrível coragem e determinação ao enfrentar os desafios da vida; ao mesmo tempo em que ainda guiava a todos nós.

Ele era zen, doce e engraçado (com a melhor risada), atencioso e realmente, realmente, bom. Eu não consigo nem me conformar com essa perda. Uma perda que está ressoando em meu próprio coração e também em todo o mundo.

Meu coração dói pelas crianças a quem ele inspirou, pois perderam seu herói assim que finalmente o encontraram. Estou muito grata por ter feito a jornada do Pantera Negra com ele. Por tê-lo conhecido, passado um tempo em sua luz e liderança e chamá-lo de amigo para sempre.

Lala Ngoxolo Kumkani.

O que significa Lala Ngoxolo Kumkani?

Danai Gurira terminou seu texto de despedida à Chadwick Boseman com a frase “Lala Ngoxolo Kumkani”, que significa “Descanse em paz, Rei” em Xhosa, a língua oficial em Wakanda.

Xhosa é um dos onze idiomas oficiais da África do Sul.

Siga The Walking Dead BRASIL nas redes sociais!