Em A Certain Doom, o episódio final da 10ª temporada de The Walking Dead, a guerra contra os Sussurradores se encaminhou para seu fim definitivo após a morte de Beta (Ryan Hurst).

Durante uma tentativa de matar Negan (Jeffrey Dean Morgan), o braço direito de Alpha (Samantha Morton) foi brutalmente atacado por Daryl (Norman Reedus), que enfiou duas facas em seus olhos. Em seguida, Beta foi devorado pela horda.

Segundo o diretor Greg Nicotero, a ideia dos momentos finais de Beta partiu do próprio Norman Reedus.

Norman apresentou essa ideia. Ele disse: ‘Eu deveria simplesmente surgir com as minhas duas facas e esfaqueá-lo nos olhos.’

Parte do arco da história é que Beta não morreria com simples ferimentos de faca. As facas de Norman têm 30 cm de comprimento. Nós meio que estimamos que, como ele enfiou as facas direto para baixo, elas desceriam e assim não acertariam o cérebro.

Fizemos uma modelo da cabeça de Ryan com as entradas para as facas. Então ele fez aquela cena onde tira as facas dos olhos.

Hurst, no entanto, queria ver seu personagem resistindo um pouco mais.

Mas discutimos muito sobre o assunto porque Ryan realmente queria que Beta continuasse a lutar depois disso. Norman tinha algumas ideias e Angela [Kang, showrunner] e Corey [Reed, roteirista] tinham definições muito específicas, porque Norman dizia,”Eu deveria simplesmente esfaqueá-lo e ele morreria”.

Achei que o esfaqueamento nos olhos foi uma ideia interessante, e acredito que veio do Norman. Precisávamos mostrar um momento em que Beta meio que vai para a horda e se torna parte de tudo o que ele tinha imaginado nos últimos episódios, que era que a horda estava o guiando, o que seria um destino estranho.

Eu realmente achei que era uma maneira muito legal de se despedir daquele personagem e dar um grande final à história de Beta.


O que achou dos momentos finais de Beta em The Walking Dead?
Deixe sua opinião nos comentários!

Fonte CB

Siga The Walking Dead BRASIL nas redes sociais!